www.flickr.com

Jeso Carneiro

Santarém (Tapajós, Amazônia) e cercanias - fatos, fotos e opiniões.



quarta-feira, janeiro 16, 2008

DAS e a casa "financiada"

Do advogado e pregoeiro oficial da Prefeitura de Santarém, Eder Coelho, a propósito do post DAS vai às compras:

Sr. Editor,

Tendo em vista a informação desse "espaço" denominado "DAS vai as compras", entendo que os indicativos ali consignados, correspondem ao meu nome: ANTONIO EDER JOHN DE SOUSA COELHO, RG 4572, OAB/PA.

Não sei se pela ausência de cautela ou mesmo pela disposição de V. Sa, em cometer prática leviana, quando se divorcia da verdade para dar vazão ao sensaciolanismo barato, esse blog passa prestar informações erradas, para buscar resultado politico.

Diferente do que informa esse espaço, não adquiri nenhum imóvel procedendo pagamento a vista. Adquiri sim um imóvel, através de financiamento junto a Caixa Economica Federal, para pagamento em 20 (vinte) anos, cujo contrato tem o no. 1.3190.000.022-7.

Que, o crédito que obtive e condições de pagamento são compativeis com os mesus redimentos, pois, além da Prefeitura de Santarém, presto serviços para Prefeitura de Juruti, Prefeitura de Curuá, Câmara de Curuá, sou professor efetivo da Faculdade de Direito de Santarém, sendo ainda, advogado há mais de 20 (vinte) anos.

O anonimato também serve de abrigo para covardes. A pior covardia é aquela que atinge terceiros, que não é objeto (eu imagino) do ódio de seus autores. Não vinculem o governo municipal com os meus atos, pois ele não é responsável pela minha vida pessoal.

Não vislumbro nenhuma ilegalidade no meu ato. A aquisiçaõ de casa própria é um direito facultativo a cada cidadão, desde que atenda os requisitos exigidos pelo financiador, fato que se tornou mais acessivel, no governo que vocês tanto criticam.

O dia que eu precisar dar satisfação da minha vida pessoal a pessoas, a blogs da vida, perco a razão da minha existência. Só mais uma coisa... Não lhes devo nada, acho muito melhor me deixarem em paz.

Santarém, 15 de janeiro de 2008.

Antonio Eder John de Sousa Coelho

--------------

Nota do blog: O signatário do blog, veja só, atirou no que viu, e acertou no que não viu.

10 Comentarios:

Anonymous Anônimo Disse...

Caro Jeso,

Respeitamos esse blog pela seriedade e compromisso com a verdade e livre exercício do direito de expressão.

Já com relação as indagações a respeito do advogado Dr. Eder Coelho não podemos de maneira alguma concordar.

Ex Presidente da OAB de Santarém foi um dos responsáveis pela estrutura que hoje os advogados dá Região dispõem, e seu nome deve ser lembrado como de um brilhante advogado e merecedor de respeito e consideração de todos os Santarenos.

Profissional exemplar, pai amoroso e amigo dileto merece respeito e carinho, não podendo ter seu nome exposto a referências injuriosas.

Um abraço

Renato Jardim

16 janeiro, 2008 18:56  
Anonymous Anônimo Disse...

Tudo bem se não for ele "DAS" vai às compras, mas agora vi que este caboclo engomadinho, tem culpa em algum cartório.

17 janeiro, 2008 07:40  
Anonymous Anônimo Disse...

Qualquer pessoa como servidor público que é tem sim que dar satisfação da sua vida, não a privada, é claro, mas se o cara adquire uma propriedade suntuosa tem dizer de onde vem o dinheiro. Que que é isso, dizer que não é da conta de ninguém. E se for dinheiro público?

17 janeiro, 2008 11:05  
Anonymous Anônimo Disse...

YES! Mr John é um DAS. E não é um simples DAS, é um DASqui, DASli e DAScolá.

Mr. John não havia sido citado, na notícia do blog, mas mesmo depois de 20 anos de advocacia, Mr. John se anunciou indignado. Negue sempre!
Mr. John, assim como todo DAS, acha que ser um DAS, que recebe dinheiro do erário, não lhe obriga a prestar contas. O público é dos outros e eu não tenho nada a ver com isso. Aos vitoriosos tudo, ao povo não nos deve nada. Pura coincidência Mr. John comprar uma casa enquanto presta serviço às prefeituras daquele partido, como tantos outros.
Afinal, como tudo neste blog é fruto de perseguição política, golpismo midiático, abelhas asassinas e demais termos prontos que os 300DAS usam pra se defender, Mr. John está no seu direito de comprar quantas casas quiser com seu dinheiro lícito.

Felicidades na nova casa!

Eremildo I.

17 janeiro, 2008 11:42  
Anonymous Anônimo Disse...

É engraçado, os filhos dos bacanas de Santarme, se compram, carros, lanchas, motos, casa, fazendas, onde sabemos que vivem exclusivamente de herança e alguns a custo ainda de seus velhos pais, é tudo bacana, mas se o caboco que não nasceu em berço de ouro consegue vencer na vida com inteligência já é taxado de JUDAS, porque será.
Dr. Eder quem trabalha com inteligência tem sim que usufruir das oportinidades que a vida lhe ofereceu, voçê que é um vencedor assim como muitos que não foram agraciados com os antigos DOTES fam, com certeza te inveja de seu sucesso, continuie assim e incomode mais seus perseguidores, alias tenho algo para lhe vender para incomodar ainda mias seus desafetos.
Parabéns

17 janeiro, 2008 13:38  
Anonymous Anônimo Disse...

Acho que o Jeso sentiu o golpe. Insinuações sobre o caráter ou a seriedade das pessoas, com notas "cheias de veneno" podem afetar, sim, a credibilidade do blog. Se os fatos colocados são estes publicados, o advogado está cheio de razão e o blog errou feio. Que sirva para reflexão do competente signatário.

17 janeiro, 2008 15:43  
Anonymous piracuí com andiroba Disse...

Esse Eder é tambem um pouco sabidinho, vez em quando ele faz um comentário anonimo a seu favor detonando o blog, tá fácil detonar o baixinho.
Jeso, isso é só terrorismo , tu é O BICHO! CONTINUA DESMASCARANDO ESSAS MUTRETAS. VIVA O BLOG

17 janeiro, 2008 18:11  
Anonymous Anônimo Disse...

Este DAS não é o mesmo que deixou um enorme buraco nas finanças da OAB quando passou por lá. Se não me engano, teve neguinho que comandava com ele a entidade que foi parar na Polícia, para explicar onde havia enfiado o dinheiro. O doutor Geller sabe muito bem desta história!

Barão do Arapixuna

17 janeiro, 2008 20:21  
Anonymous Pedro Gilson Oliveira Disse...

Caro Jeso.

Primeiramente é necessário enfatizar que respeitamos o livre direito de expressão, porém, não se deve usar um veículo de divulgação/comunicação para atacar pessoas, ou mesmo tentar fazer promoção de formar ardilosa

Tecer comentários sobre a vida pessoal do Dr. Eder Coelho, ex-presidente da OAB, advogado a mais de vinte anos, professor universitário e "DAS", mas que também é pai, filho, marido exemplar e amigo ímpar é algo sujo, tentando com isso não só prejudicar outros que são seus desafetos, mas afetando um homem de bem.

Alegar que a aquisição de sua casa foi feita de formar duvidosa, como tenta o nosso Insigne Jornalista e proprietário desse blog, é faltar com a verdade e com princípios morais que sempre demonstra, ao expor seus ideais nas páginas do blog e outros artigos.

Vejamos o seguinte: Ele, o "DAS" informou que conseguiu comprar o imóvel suntuoso, por meio de um financiamento junto a CAIXA ECONOMICA FEDERAL, que deverão ser pagos em 20 anos, citando inclusive o número do contrato.

Nesse sentido, é necessário raciocinar o seguinte:
1) Seria o DAS tão burro a prestar informações mentirosas a tão sagaz jornalista e proprietário de blog, para que essas informações fossem desmascaradas, já que Jeso jamais deixaria de confirmar as informações para não ser leviano e continuar a duvidar da licitude da aquisição?
2) A CAIXA seria tão medíocre a ponto de não confirmar os rendimentos do DAS, professor universitário e advogado a mais de vinte anos, para proceder a assinatura do contrato e o DAS passar a ser mutuário do Sistema Financeiro da Habitação?
3)Teria então a RECEITA FEDERAL não detectado o enriquecimento ilícito do DAS, devido a extinção da CPMF, e o articulista do blog EVALDO VIANA não ter percebido isso, afinal trata-se de um DAS do governo do PT, do governo da MARIA.

São alguns pontos que com certeza nosso querido Jeso, constatou!

A propósito este mesmo DAS foi presidente da OAB, no tempo em que as eleições não eram hoje um mar de dinheiro e vantagens, que inclusive chegou a proporcionar logo que foi instituído o Exame de Ordem, que os bacharéis do ultimo ano do curso pudessem fazer o exame antes da colação de grau, que não processava ninguém por falta de atraso na anuidade de ordem, e que tratava todos os advogados de forma polida e cortez, mais isso o doutor Geller, sabe, como já disse o leitor "Barão do Arapixuna", em seu comentário.

Por isso companheiro Jeso, não custa nada averiguar melhor as informações para depois tentar queimar alguém.

Muito obrigado,


Pedro Gilson Oliveira

22 janeiro, 2008 07:53  
Blogger Jeso Carneiro Disse...

Caro, Pedro Oliveira!

Em momento algum na nota se afirma que a casa adquirida pelo senhor Eder Coelho, com quem sempre tive relacionamento amistoso e respeitoso, foi feita de modo irregular. Tal versão é feita por vc. e outros leitores. Essa interpretação é sua. É de vcs. Não há qualquer vírgula no texto, reafirmo, que leve a esse raciocínio. Mas o texto, como afirmam os estudiosos em comunicação, não é algo fechado numa só interpretação. Por conseguinte, não o censuro por chegar a esse entendimento.

Uma coisa é certa, e líquida: a casa foi adquirida, e isso, com todas as letras, o senhor Eder Coelho confirma. Com um adendo feito por ele e publicado no blog: via financiamento da Caixa Econômica Federal.

Tenha certeza, senhor Gilson Oliveira, que não ou dono da verdade. E, aqui neste blog, ela terá sempre abrigo para aparecer de maneira multifacetada, como agora se apresenta através de sua versão. Fique certo disso.

Volte sempre! E obrigado por sua contribuição ao que foi exposto.

22 janeiro, 2008 08:35  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home