www.flickr.com

Jeso Carneiro

Santarém (Tapajós, Amazônia) e cercanias - fatos, fotos e opiniões.



quinta-feira, janeiro 10, 2008

As duas caras do pós-lulismo

2008 é ano de eleições. No mundo, as mais importantes ocorrerão nos Estados Unidos. No Brasil teremos as municipais, um teste importante com vista nas presidenciais de 2010. (...)

No Brasil, os partidos, feito exceções, não têm cara. O maior partido nacional é o PMDB, seja em número de filiados como de congressistas, e lidera nos maiores colégios eleitorais onde o partido não tem cara, ou a sua cara é uma liderança não governamental ou parlamentar. (...)

A cara do PT no Brasil é o Lula, não têm outras. Há sim lideres regionais, mas com força e carisma pessoal limitado para firmar nacionalmente a imagem do partido. Lula está tentando promover Dilma Rousseff como nova cara do PT, mas pode não funcionar.

Lula poderia transformar o PT no maior partido brasileiro, mas não parece ter interesse nisso, prefere não se envolver. Por isso, nos Estados, mais que um partido, o PT se parece um arquipélago de ilhas em eterno conflito.

No Pará, o PT que já foi Paulo Rocha, Edmilson Rodrigues, hoje é Ana Júlia, enquanto nos municípios já são outros arquipélagos. Só em Santarém o PT tem cara histórica que vem se consolidando no Estado, a da Maria do Carmo. (...)

Trechos do novo artigo do sociólogo naturalizado santareno Tiberio Alloggio, articulista deste blog.

[Clique aqui], para lê-lo na íntegra.

10 Comentarios:

Blogger Mauricio Disse...

Caro Tibério, penso que o que diferencia o Partido dos Trabalhadores dos demais Partidos Políticos é o fato dele não ser uma Partido de quadros, onde as eminências pardas se sobressaem em relação aos demais filiados, o PSDB é um exemplo de Partido de quadros. Vejo no Partido do Trabalhadores um exemplo de um Partido de Massas, onde a sua verdadeira cara é a diversidade de movimentos sociais, sindicais que se fazem presentes nos debates partidários, dando vida ao PT, sem esses atores sociais, o PT e seus quadros políticos não teriam hoje a importância na democracia brasileira. Querendo ou não o Partido dos Trabalhadores é o Partido que reflete, não de forma exclusiva, as aspirações e sonhos da classe trbalhadora brasileira. Abraços, companheiro e continue com os seus artigos, que são muito lúcidos e críticos, nos fazem pensar e pensar é tão bom....Maurício Leal Dias

10 janeiro, 2008 13:41  
Anonymous Anônimo Disse...

Embora haja entre linhas uma bajulação (como sempre)da Maria do Carmo, tem que admitir que essa pensata do Tibério foi muito boa.

Qual é Tiberio? Estas apaixonado da Maria?
É o seu segredo?

10 janeiro, 2008 14:45  
Anonymous Anônimo Disse...

Com mais esta demonstração de bajulação ao governo Maria, o Sr. Tiberrio ratifica mais uma vez o seu baixo índice de pensamento próprio e independente, atribuições essas que não me causam mais estranheza.

10 janeiro, 2008 16:29  
Anonymous Anônimo Disse...

Anônimos, o que ficou claro na escrita do Tiberio, foi a desolação do quadro politico partidário no Brasil, sem exceções. E sua admiração pelo Presidente Lula que também é minha.

10 janeiro, 2008 16:48  
Anonymous Anônimo Disse...

Maria do Carmo, histórica no PT? Tá bom.....

10 janeiro, 2008 20:09  
Blogger Jota Ninos Disse...

Só não concordo com o Tibério na frase "Só em Santarém o PT tem cara histórica que vem se consolidando no Estado, a da Maria do Carmo"...
Histérica talvez, histórica nunca!
No restante uma análise prefeita e a conclusão de que estamos sem opções avançadas de partidos...

10 janeiro, 2008 23:30  
Anonymous Anônimo Disse...

Concordo com o Jota sobre o termo "histórico" em relação à Prefeita de Santarém e a história do PT local. Desse ponto de vista ficou excessivo.
Mas a referência que fiz no artigo foi no sentido de o PT se tornar eleitoralmente competitivo somente depois da entrada em cena da Maria.
Não podemos esquecer que nos pleitos eleitorais dessa década (seja na derrota, como na vitória) foi a cara da Maria que simbolizou o Petismo.
A sua consolidação política (independentemente do juízo de mérito)me parece inquestionável.

Tiberio Alloggio

11 janeiro, 2008 11:38  
Anonymous Anônimo Disse...

Na relacao PT x Maria, o Tiberio so esquece do fator Paulo Rocha. Sem ele, Maria nao existiria como opcao. Pobre de um Estado onde o PT tem como principal quadro uma figura como Maria do Carmo.

11 janeiro, 2008 14:35  
Anonymous Anônimo Disse...

E qual seria o Juizo de mérito?

11 janeiro, 2008 15:17  
Anonymous Anônimo Disse...

No texto do tiberio tem no máximo meia linha falando da Maria.
Logo o cipoal insurgiu!

11 janeiro, 2008 17:29  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home