www.flickr.com

Jeso Carneiro

Santarém (Tapajós, Amazônia) e cercanias - fatos, fotos e opiniões.



quarta-feira, setembro 05, 2007

Pra não dizer que não falei das flores

Ganhou aditivo de 25% o contrato firmado entre a Floricultura Canto Verde e o Ministério Público Estadual, para manutenção do jardim em frente ao prédio do órgão em Santarém.

Pulou de R$ 626,00 para R$ 1.878,00/mês.

O novo contrato, assinado anteontem, tem validade até maio de 2008.

1 Comentarios:

Anonymous Anônimo Disse...

Boa medida do Ministério Público!

Com a frente do prédio florida, o cidadão comum não se estressará mais ao chegar no MP e constatar que não existem promotores suficientes para as demandas existentes.

Mais flores, menos promotores...

Florêncio Florido

05 setembro, 2007 14:49  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home