www.flickr.com

Jeso Carneiro

Santarém (Tapajós, Amazônia) e cercanias - fatos, fotos e opiniões.



sábado, janeiro 12, 2008

Perpetuação da pobreza

De Roberto Lameira de Castro, sobre o post Software simula futuros para Amazônia:

Segundo um influente jornal norte-americano, os EUA pagaram cerca de US$ 54 milhões na rubrica de créditos de carbono em 2007 e pergunta para o bolso de quem estariam indo esses milhões de dólares.

Essa é a fortuna que os gringos querem pagar para os “expertos” brasileiros para deixar as nossas riquezas amazônicas paralíticas, de modo a que eles possam continuar ganhando trilhões de dólares e poluindo e esquentando o Planeta.

Esse software está sendo financiado por inúmeras agências estrangeiras com a finalidade de perpetuar a nossa pobreza.

Pois bem, 17 bilhões de toneladas de carbono até 2050 poderiam produzir, utilizando as nossas madeiras, cerca de 5 trilhões de litros de álcool ou o equivalente a 340 anos da produção brasileira atual desse combustível renovável, com ganhos da mesma ordem, considerando R$ 1,00 o litro. (...)

[Clique aqui], para ler o comentário acima na íntegra.

0 Comentarios:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home