www.flickr.com

Jeso Carneiro

Santarém (Tapajós, Amazônia) e cercanias - fatos, fotos e opiniões.



quinta-feira, novembro 08, 2007

Na própria carne

De Jardel Guimarães, delegado da Polícia Civil em Santarém, sobre a Frase do dia, hoje:

Amigo Luís Rodolfo, gostaria de parabenizá-lo pela coragem de lutar por uma melhor qualidade na saúde do nosso município. Pode ter certeza que com o pleno funcionamento do HR, o único beneficiado seria a própria população santarena, que já não suporta com esse sistema precário existente e o descaso por parte de nossas autoridades.

Além de que, temos que enaltecer seu posicionamento, pois como membro da classe médica, corta a própria carne ao criticar seus próprios colegas.

1 Comentarios:

Anonymous Adelson Sousa Disse...

Adelson Sousa

É indiscutível que as autoridades que até agora somente enganaram quanto ao funcionamento do hospital regional, apliquem os recursos existentes e providenciem o funcionamento.
A mobilização da sociedade é necessária, mas, o caos da falta de representatividade ou de liderança é tão gritante na região, que aquele que se manifesta por alguma causa já é visto como herói ou candidato a algum cargo político. Essa postura tira um pouco o foco do principal e até da margem para surgir posições duvidosas ou cômicas.
O debate quanto à necessidade de pleno funcionamento do hospital regional é muito importante, mas neste aspecto do atendimento na área de saúde é preciso também ver outras questões não menos importantes como à postura antiética e anti profissional da quase maioria dos profissionais que atuam neste setor.
Péssimo atendimento, autoritarismo, não cumprimento de horários, desrespeito a pacientes e familiares destes, ganância exacerbada, acúmulo de empregos ou de postos de trabalho, falta de sensibilidade, não atualização profissional, repasse velada de responsabilidade para auxiliares, não cumprimento de plantões, grosserias com pacientes e auxiliares, atrelamento a fornecedores de medicamentos.... são algumas das muitas mazelas daqueles que atuam neste setor. Não somente médicos, mas entre estes são quase unanimidade esses problemas.
Sempre reclamam de baixos salários e dizem que para compensar tem que trabalhar em vários locais. Desculpa furada para a ambição desmedida, pois tem muitos deles que ainda encontram tempo para atender em outras cidades.
Voltando a questão do atendimento na área de saúde, que é um problema nacional e é importante que seja exigido um melhor funcionamento, pois recursos existem, o que se faz necessário entre outras providências é administração profissional e não apenas política e a utilização correta dos recursos, o que culminará com melhor estrutura para as diferentes especialidades e otimização no atendimento. Ah.. e profissionais realmente comprometidos com a saúde dos pacientes e não somente com a posição social e com o bolso deles.

Adelson Sousa

09 novembro, 2007 10:01  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home