www.flickr.com

Jeso Carneiro

Santarém (Tapajós, Amazônia) e cercanias - fatos, fotos e opiniões.



domingo, novembro 11, 2007

Jovem grávida tinha menstruação normal

Envolvido diretamente nos cuidados com a jovem Giovana Pereira, santarena que deu à luz em um vôo da Gol semana passada, o médico Bruno Moura escreve ao blog para prestar alguns esclarecimentos sobre o episódio.

Eis o que ele diz:

Após ter lido alguns comentários do blog e ouvido muitos (alguns inverídicos) e por ter presenciado quase todos os momentos do caso tenho a relatar e esclarecer que:

1 - Os médicos envolvidos tomaram todos os cuidados possíveis com a paciente e conduziram adequadamente o caso. Uma paciente que se submeteu a uma cirurgia de redução de estômago há alguns meses e que relata estar com fortes dores abdominais e sem eliminar resíduos por 8 dias, menstruando normalmente, com exames negativos para gravidez feitos em Belém e não em Santarém (segundo informações colhidas da paciente e familiares) o raciocínio lógico é que a mesma esta tendo complicações cirúrgicas, possivelmente um quadro de obstrução intestinal.

2 - Após o exame clínico e físico (realizados pelo cirurgião geral) que evidenciaram alterações abdominais e pélvicas e de vermos o exame de raios x (inconclusivo dentro do contexto clínico e de baixa qualidade em virtude das condições da paciente no momento do exame), sugerimos complementar o estudo com outros exames como ultra-sonografia e tomografia computadorizada.

3 - Nesse momento ligamos para a equipe médica de Belém que também recomendou os exames acima e que a transferisse para Belém, decisão tomada em conjunto com a família. Voltaríamos a nos falar logo após os exames, já passando para o médico que a operou em Belém, os resultados.

4 - Liguei pessoalmente para o Pronto Socorro Municipal e pedi imediatamente uma ambulância para levá-la ao Amazônia Diagnósticos, onde faríamos os exames. A ambulância chegou às 13:45 hs e como o vôo da Gol era as 14:15 hs a família decidiu, por vontade própria ,levá-la para o aeroporto e fazer todos os exames em Belém. Assim, não houve tempo para realizar o exame de ultra-sonografia e/ou a tomografia computadorizada, que certamente dariam o diagnóstico de gravidez. O exame de ultra-sonografia não foi realizado como algumas pessoas andam comentando!

5 - Ainda no aeroporto, sob os cuidados do Dr. Eduardo Freire, a paciente novamente relatou que estava no segundo dia do período menstrual.

6 - Após 20 minutos de vôo, a paciente após fortes dores deu luz a Maria Valentina, sendo o parto conduzido com brilhantismo pelo Dr Eduardo Freire e por uma enfermeira que estava a bordo que também teve um papel fundamental para que tudo ocorresse perfeitamente como ocorreu.

7 - Ainda dentro do avião, recebi uma ligação da irmã da paciente para providenciar uma ambulância pois havia nascido Maria Valentina. A Infraero então providenciou a ambulância e levou mãe e filha para o hospital Sagrada Família.

Acredito que vários fatores em conjunto levaram ao ocorrido, mas a história clínica, os exames prévios para gravidez negativos e menstruação normal (segundo informações colhidas da paciente e familiares), a não realização dos exames por absoluta falta de tempo, pela ânsia da família em levá-la à Belém, foram decisivos que Maria Valentina nascesse da forma como nasceu.

Eram esses os esclarecimentos. Eu, e tenho certeza que os colegas médicos envolvidos no caso, estamos à disposição para qualquer outro esclarecimento à sociedade santarena.

Dr. Bruno Moura, médico radiologista.

13 Comentarios:

Anonymous Anônimo Disse...

Será que houve fraude no exame de gravidez?
Isso não ocorre só em novela...
A quem interessaria "esconder" a gestação da moça?

11 novembro, 2007 15:13  
Anonymous Anônimo Disse...

Prova de que foi tudo conduzido de forma errada. Agora estamos nós santarenos mal falados nos quatro cantos. Li na net várias críticas de pessoas do sul criticando nossa região. Estamos servindo de motivo de chacota por causa da irresponsabilidade de algumas pessoas.

11 novembro, 2007 16:22  
Anonymous Eleitor indignado Disse...

A gravidés de uma adolocente granfina, seu parto, onde nasceu a criança, nao devia ser a preocupação da sociedade santarena, essa sociedade, inclusive o senhor Dr., tem muito mais (outras) gravidezes com que se preocupar, o senhor nao acha?


Eleitor indignado

11 novembro, 2007 16:33  
Anonymous Anônimo Disse...

Se isso fosse no EUA viraria filme, mas de comédia pois nunca vi tanta falsidade e mentira juntas, ta bom de acabar com essa palhaçada e para de expor o nome de nossa pérola ao ridiculo la fora pois o que nos levar a crer que estamos cercados de médicos imcopetentes que não são capazes de detectar uma gravides que pode ser descobertya ate atraves de um simples exame de urina. Enquanto muitos brigam pela apertura plena do Hospital Regional, deviriam sim procurar meios de se qualificarem melhor pra atenderem a nossa população e não virem a público endossar uma das maiores mentiras que a população de Santarém foi exposta, não saber que estava gravida em pleno século XXI, bah tche isso e piada da grossa e a mesma coisa que o namorado dela dizer que não sabia fazer "xixi", causa risos e ejoos.

11 novembro, 2007 16:34  
Anonymous Anônimo Disse...

Acho que estar na hora de acabarmos com essa polemica que não leva a nada. Ninguém tem nada há ver com isso, se era mentira ou se foi incompetencia dos médicos. Talves a incompetencia dos médicos seja mais preocupante, quanto caso se for mentira da menina, aí é incompetencia dos pais que não estão sabendo criar os filhos, São egoístas demais para isso. Seja feliz Valentina

11 novembro, 2007 18:07  
Anonymous Celeste Alvarenga Disse...

Pelo que lí na Internet, existem sinais clínicos de gravidez. Qualquer parteira dá o diagnóstico. Raio-X, Ultrasom, Tomografia e Exame de urina são exames que ajudam ao diagnóstico .É uma lástima que pequena parcela de Médicos ponha em cheque a capacidade de muitos Médicos que labutam em Sanatrém.Existem excelentes profissionais na cidade, pena que uma minoria macule a capacidade laborial daqueles.Dr Bruno, é lamentável....

11 novembro, 2007 21:09  
Anonymous Anônimo Disse...

O Dr Bruno só fez afirmaçoes de que a gente já imaginava. Que através somente da informação , do relato dos familiares e da paciente ela não estava grávida? Que tal tivessem conduzindo corretamente a anamnese e pedissem pra repetir os exames já que teriam sido feitos em Belém? O raciocínio Dr Bruno, não é lógico. Lógico é se imaginar que tudo foi feito errado mesmo. Após o exame clínico e físico feito por um cirurgião???? É isso mesmo ela foi examinada e não puderam nem imaginar a gravidez??? "Assim, não houve tempo para realizar o exame de ultra-sonografia e/ou a tomografia computadorizada, que certamente dariam o diagnóstico de gravidez". Dr bruno exame de urina e de sangue atestam uma gravidez!!! Ah pára por favor, melhor o Sr não tentar explicar mais nada...

11 novembro, 2007 21:34  
Anonymous Anônimo Disse...

COMENTÁRIO NO ORKUT (vejm o que andam falando do Pará)
Erica Akira
Gente....

Giovanna fez cirurgia BARIÁTRICA.

Ela fez a famosa "redução de estômago".

Deveria ser obesa mórbida (ou quase), e a se notar o estado em que vivem (Pará), talvez o aparelho de ultrasson usado para ver intestinos e estômago não fosse dos mais modernos (aliás, para esses tipos de exame qualquer ultrasson dos anos 80 serve).

Se um ultrasson for antigo e a paciente for muito obesa, não é difícil imaginar um bebê sendo confundido com um monte de "massa estranha".

Mas é chocante mesmo.....

11 novembro, 2007 21:36  
Anonymous baconzito Disse...

ah, gente, deixa de lero-lero com esta coisa de "oh, ficamos mal-falados no sul e sudeste". Que frescura! Passou, foi do MUNDO BIZARRO da semana, mas PASSOU. E a região Norte, Amazônia, continua mal falada por outras coisas.

12 novembro, 2007 04:54  
Anonymous Valdo Fernando Disse...

Só penso o seguinte, a vida dos outros não,é de interesse de ninguém, se sabia da gravidez ou não, não é problema de ninguém também.A única coisa de extraordinário que aconteceu é uma criança ter nascido em pleno vôo, pois nunca se tinha ouvido falar em nossa cidade, o resto é problema deles!!!!Vamos discutir coisas mais importantes pra cidade, o caso do desmatamento por exemplo que é problema de todos acho que só duas pessoas se manifestaram!!Pelo amor de Deus gente vamos participar de assuntos mais interessantes!

12 novembro, 2007 08:30  
Anonymous Anônimo Disse...

Muito engraçado um comentário aí, dizendo que o pessoal do sul fazendo gozação com nossa região, nós assistimos no jornal nacional "diariamente" notícias de mortes de erros médicos do sul,sudeste e outras regiões mais desenvolvidas! Já é tão comum que ninguém comenta, o nosso caso foi inédito e não me lembro de outro!

12 novembro, 2007 08:40  
Anonymous Anônimo Disse...

Dr. Bruno.
Entendo que a única falha médica que houve no caso, não foi técnica, mas sim não termos resistido à pressão da família, que, aliás, já é algo cultural por aqui. Com relação a sua capacidade técnica, humana e moral tenho sido testemunho do alto valor que representas para esta cidade e região. Ao mesmo tempo, fico orgulhoso de ver seus esclarecimentos demonstrando, também, coragem, transparência e respeito por nossa população. Sem corporativismo, conte com o colega, amigo e admirador do teu trabalho.
Erik L. Jennings Simões

12 novembro, 2007 15:31  
Anonymous Anônimo Disse...

Sómente você, Dr. Érik, com sua lucidez e inteligência seria capaz de encerrar de forma brilhante, com essa polêmica. Precisamos ter mais respeito para com as pessoas.

13 novembro, 2007 02:25  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home