www.flickr.com

Jeso Carneiro

Santarém (Tapajós, Amazônia) e cercanias - fatos, fotos e opiniões.



domingo, setembro 02, 2007

Rigor

De Anderson Dezincourt, servidor público, sobre o post Caos na orla:

Bruno, tens razão. O pior é que nas madrugadas vêm os carrões com seus cavalos-de-pau. Tenho um amigo que tem gravado em seu celular a filmagem de um veículo, em alta velocidade por cima da orla. Isso mesmo, por cima da orla. Tenho certeza que nossas autoridades têm que agir com rigor, antes que o pior aconteça.

3 Comentarios:

Anonymous Roberto Vinholte Disse...

Saúdo os irmãos santarenos BRUNO e ANDERSON.

Sobre os carrões, acompanho a opinião basilar: FORA! FORA A PAVULAGEM DESREGRADA, FORA OS CAVALOS-DE-PAU...

Sobre a ORLA, respeitosamente discordo do competente amigo BRUNO.

Em qualquer lugar, orla é também sede de grandes eventos. Serventia para todos. Não pode limitar-se a quem lá reside ou como simples passagem a quem lá não mora.

Desde que nasci resido na orla, e, contrário a muitos dos meus queridos amigos próximos, sempre defendi utilização por todos da nossa amada cidade, além dos especiais turistas.

Irmãos, o bom, o nosso orgulho, o ponto de referência da cidade é para todos...

Respeito ratificado.

Roberto Vinholte

02 setembro, 2007 20:20  
Anonymous Bruno Moura Disse...

Anderson, seu amigo bem que poderia ceder esse material a imprensa local. É simplesmente um absurdo!!! Infelizmente aqui em Santarém a lei para o filho de fulano ou de ciclano não existe!!

02 setembro, 2007 20:44  
Anonymous Anônimo Disse...

Discordo do Beto, eventos esporáticos pode até ser, 3 vezes ao ano, agora todo final de semana é um absurdo, bem pouco tempo a associação espírita fez um show com Sebastião Tapajós sem aquele som nas alturas, e foi maravilhoso. Realizar culto evangélico como se todo mundo fosse obrigado a ouvir gritos e histerismos de pessoas mal amadas e com culpa ou blits para divulgar marcas com aquele trio eletrico com volume estupidamente alto sem necessidade, assim é demais, o som além da qualidade deveria cobrir somente os arredores do local do evento e não para toda a cidade ouvir, e mais, existem mil maneiras de se promover lazer sem som distorcido e alto. Tudo pode, desde que exista bom senso e ordenamento.

03 setembro, 2007 08:23  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home